quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Relatos de uma pessoa desorientada ou relapsa

É incrível como que certas coisas podem desorientar uma pessoa. Há quase duas semanas entrei em um colapso emocional, mas ainda estou um pouco alteradinha com certas coisas que andam acontecendo na minha vida.
Dizem que a vida é como uma viagem de navio, tem lá suas turbulências e suas calmarias. Só espero que não bata contra um Iceberg!
Mas como o conteúdo deste blog é puxado para o humor, vou listar algumas curiosidades que aconteceram comigo nesses dias. Imaginem um “TOP FIVE” a lá CQC:

5- Horário de Verão.
De acordo com meu amigo Camilo, no Horário de Verão, temos uma hora a mais para sentir calor. No dia de adiantar o relógio adivinhem o que eu fiz? Atrasei uma hora.

4- Mistério do CD.
Para entregar trabalhos em uma matéria na faculdade, gravamos os mesmos em um CD e entregamos ao professor, que devolve após a correção. Fui gravar um trabalho e não achei o raí (sic) do CD. Revirei o meu quarto e nada. Até email para o professor eu mandei perguntando se estava com ele. Ele fez um terrorismo e disse que eu havia perdido. Depois, na aula seguinte ele me devolveu o CD. Eu simplesmente esqueci que havia deixado com ele. Sério, houve uma lacuna nos acontecimentos.

3- Medo de relâmpago.
Na noite de quarta para quinta choveu muito forte à noite. Uma chuva bem típica de dia das bruxas, com relâmpagos e trovões. E eu, no auge dos meus 21 anos, me senti com 5 e fui dormir com a minha mãe, já que morro de medo de acordar de madrugada e me deparar com alguma coisa que não pertence ao meu quarto. Detalhe, ainda estava assistindo à série de TV “Supernatural”, que trata de casos sobrenaturais como mortos, demônios e afins.

2- Dia 30 é sexta...
Eu cismei que dia 30 era sexta, e não quinta. Com isso, perdi o dia do meu dentista. Acordei meia hora antes do horário marcado, e nem por tele transporte eu conseguiria chegar no horário.

1- Mistério do caderno.

Com se não bastasse o “Mistério do CD”, agora eu perdi o meu caderno. Perdi não, ele foi passear, e em Lima Duarte (cidade a 100 km de Juiz de Fora). Na segunda-feira, meu pai me deu uma carona até à Faculdade, porém, larguei o pobre caderno no banco de trás do carro. Recordo-me que pedi para que meu pai tirasse o caderno do carro e colocasse no meu quarto. Só que, ele não tirou e nem eu. No dia seguinte, meu pai foi para Lima Duarte junto com o meu caderno. O mais relapso da história foi que eu só dei falta por ele nesta quinta-feira.

6 comentários:

dapit disse...

execuse me, just take a little visit... ^^

Safa e Fada disse...

Sua vida parece ser divertidissima!!!

Amei!


Vou add aos favoritos!

Safa e Fada disse...

Supernatural + a chuva cabulos que caiu quinta em JF, ATÉ EU IA DORMIR COM A MAMÃE!

Lucas Peths disse...

É, todos nós temos um pouco dessa loucura, mas a sua é mais, uhm... Acentuada, talvez. Eu nunca lembro o que é para fazer com o relógio no horário de verão. Faço um esforço incrível para lembrar das aulas de geografia e... Pergunto pra minha mãe =D

No fim, é tudo culpa da mídia.

Beijo!

Anônimo disse...

Falando em CD, isso me lembra um certo DVD meu que não vejo a muito tempo... recorda qual????? hauhauahuah
Também tenho um cd com esse nosso professor, mas esse já nao tenho esperança de rever um dia.
Lacuna nos acontecimentos? Vixi! Nem me fale nisso! Principalmente em churras da faculdade, meu cérebro misteriosamente não guarda partes dessas festividades....

Gabriel Nascimento disse...

mt bom... kkkkkkk
fantástico seu top five...
mas assim... vc tá precisando de parar, e acalmar... lembre-se: aconteça o q acontecer, continue respirando...

aliás, dá um pulo no meu blog tb...
evangélico com minhas experiências pra lá de interessantes...
www.gpvivendo.blogspot.com

Fui!!!Abração