segunda-feira, 21 de abril de 2008

Aportuguesando

Desde já gostaria de deixar claro que o termo “Aportugesando”, usado no título do post, nada mais é do que um Neologismo. Não sabe o que é neologismo? Joga no Google que você descobre. Brincadeira!
De acordo com o site Wikipédia.org: “neologismo é o fenômeno lingüístico que consiste na criação de uma palavra ou expressão nova, ou na atribuição de novo sentido a uma antiga. Pode ser fruto de um comportamento espontâneo, próprio do ser humano e da linguagem, ou artificial, para fins pejorativos ou não.”

Logo, temos que o termo “Aportuguesando” significa pegar uma palavra de origem inglesa e transformá-la em uma palavra em português.

Isso é muito comum na língua portuguesa, um exemplo válido desse fenômeno é o famoso caso do verbo “xerocar”. O que muita gente não sabe é que a palavra Xerox nada mais é do que o nome da empresa que inventou a fotocópia. No português, a grafia até ganhou um acento: Xérox.

Então, é por essas e por outras que o post será sobre...

... a origem do X-burguer e do Faroeste.

O X-burguer (x-egg, x-salada, x-bacon e afins) nasceu do som de sua palavra original, o Cheeseburguer. Cheese nada mais é do que “queijo” em inglês, e o seu som é “xease”. Daí, de “xease” passou para X, logo surgiu o X-burguer.

Lembrando que isso é sõ no Brasil, porém, o unico lugar que você pede um Cheeseburguer é no Mc Donalds. E nem precisa dizer o porquê, né?
Outro fato curioso: nos EUA você tem a opção de comer um Hamburger ou um Cheeseburguer, já que a única diferença está na presença de queijo no sanduiche.

O Faroeste é o mais bizarro de todos. Ele provém do gênero de cinema western, que significa "ocidental" e refere-se à fronteira do Oeste norte-americano durante a colonização. Esta região era também chamada de far west , visto que west é "oeste" em inglês. Daí, Far Oeste, Far + oeste = Faroeste.

PS: Mais um post da série “cultura inútil”.
PPS:Vocês tem notado, utimamente, que a linha editorial deste blog tem agido de forma inesperada?
PPPS: Mais uma vez eu indago: Jesus, o que está havendo comigo???

3 comentários:

Lucas Peths disse...

Aee! Achei que eu era o único mortal que ficava pensando nessas coisas... Mas é bem interessante isso.

Seria cultura brasileira ou falta de personalidade? vai saber...

Beijão, Babih =D

PS.: Linha editorial pra quê? =D

Nattaly disse...

uahuahauha

só voce mesma.


saudade.

Suéllen disse...

Coisas da minha amiga!!!!!

Como essa menina ta escrevendo bem gente!!!! Ai que orgulho de ser amiga dela!!!!!

Amiga te adoro muito tá?!
Bjão!!!!